O Coração da Cidade precisa de amigos... seja amigo do coração...

o seu donativo é muito importante para nós...

MILLENIUM- BCP ... 0033 000000 239551298 05 

Terça-feira, 18 de Março de 2008

atenção às práticas de bruxaria ...

a vida não é um filme...
acordemos de uma vez por todas e encaremos a vida com realidade...
PSP deteve "Bruxos" que
convenceram mulher a endividar-se
para lhes pagar 250 mil euros

Dois indivíduos de nacionalidade brasileira foram detidos em Lisboa por agentes da PSP do Porto por fortes suspeitas de terem sido os autores de uma burla de que foi vítima uma mulher do Porto que recorreu a serviços de espiritismo. A vítima chegou a entregar a um dos indivíduos 250 mil euros em dinheiro como "pagamento" pelas supostas práticas de "bruxaria". Parte da verba (50 mil euros) foi recuperada no passado sábado, aquando das buscas e detenções dos suspeitos
( este notícia vem na página 12 do Jornal de Notícias )
è pena que nas  bancas de jornais,  ainda possamos ler noticiadas burlas destas, autênticos casos de polícia, mas que nesta altura da vida ainda sucedem para espanto da maioria...
pena é também, que os jornais e revistas não divulguem e não estudem algo sobre a Doutrina Espírita, para saberem separar o trigo do joio e assim a palavra "espiritismo", não apareceria nesta notícia...
a Doutrina Espírita, nada tem a ver com estas práticas e não tem necessidade de criar prosélitos, pois que todas as informações e ensinamentos, são gratuitos e se envolvem na prática cristã de amor ao próximo...
em qualquer Centro Espírita Kardecista, ninguém deve, nem pode cobrar nada a ninguém... mas quando sabemos de tal prática, estamos na presença de alguém que nada sabe da doutrina ou está a proveitar-se da denominação para negociar... então, devemos de imediato denunciar o caso  às autoridades competentes, porque estamos perante um caso de burla que incorre automaticamente num crime punido pela lei...
O ESPIRITISMO, nada tem a ver com este tipo de notícia e assim os senhores jornalistas deveriam saber escrever de forma a informar correctamente e não a desinformar...
mas, o que mais me espanta, é que são os próprios jornais e revistas, incluindo o JN que dão a estes senhores, peritos nestas burlas, páginas diárias de anúncios, ao invés de informar a opinião pública, alertando para este tipo de coisas, que no mundo do sobrenatural anunciado, nem é das mais alarmantes...
observemos, que sempre que a vida se complica em matérias, como a saúde, o amor e o dinheiro, a maioria das pessoas, que ainda acredita que "DEUS" se vende por um punhado de notas e os espíritos estão aí como empregados domésticos para satisfazer os caprichos dos homens na Terra no imediato de todas as questões, dão qualquer quantia, fazem seja o que for, para que as dificuldades sejam desviadas da sua vida...
vendo bem a questão ( até com o alto se tentam tráfico de influências)...
na generalidade, os que agora são enganados, foram pessoas que em vidas anteriores mentiram à vida , burlando também outros, que incautos foram desesperadamente enredados na sua teia)...
é preciso com urgência visitar uma casa espírita e pedir informações, é necessário adquirir esclarecimento e não ter vergonha de procurar informação no local correcto...
não entrem por aí às escuras... quem assim teima em caminhar, é natural que caia e tropece no primeiro esperto que aparece...
aprendamos com Fé a ter Esperança... mas lembremo-nos que a Caridade ainda não é amada pela maioria dos homens...
a Doutrina Espírita Cristã - Kardecista - é um alerta pormenorizado de tudo quando devemos fazer e evitar...
deixemos de uma vez por todas de visitar, bruxos e adivinhos...
tentemos crescer naturalmente, rogando a Jesus coragem e discernimento para os momentos mais difíceis da nossa vida, quando esta simplesmente nos pede respostas difíceis, frente às inúmeras provas que temos que prestar...
arrumemos a nossa casa mental e deixemo-nos de práticas atávicas que nada trazem de Bem, de Bom e de Belo à nossa existência...
um bom dia para todos e muita luz...
lasalete
neste momento eu estou ...: acordada
publicado por lapieta@sapo.pt às 10:55

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 19 de Fevereiro de 2008

Afinal o que é O Coração da Cidade ?...

 

 O Coração da Cidade, é um departamento de apoio social que tem como princípio activo a dinamização da solidariedade, a dignificação da pobreza e a valorização da vida...

 

a promoção do indivíduo enquanto ser humano, é para nós motivo mais que suficiente, para investirmos em todos os aspectos da vida daqueles que nos procuram para receberem apoio...

 

O Coração da Cidade, tem vindo a criar espaços diversos de aplicação prática, onde os conceitos sociais por nós aplicados são sempre de libertação do próprio, no que concerne à subestação de eternos subsidiários...

 

assim, sempre que contactados, os voluntários criam incentivos de convergência prática e ... nomeadamente o conforto doméstico, a saúde e a alimentação, são patamares de imediata realização, mas o trabalho e a valorização pessoal, não é indiferente à nossa intervenção, por isso  o apoio psicológico e a rearmonização de todo o agregado familiar é para nós motivo de estudo e de concreta reposição...

 

as inúmeras formas de exclusão social, têm lançado no despenhadeiro da pobreza milhares de famílias que nada têm a não ser as diversas instituições que operam na cidade...

O Coração da Cidade tem consciência absoluta deste panorama social e assim promove por todos os meios o incentivo à solidariedade...

recebemos sempre com imenso prazer alunos de escolas e universidades, que em nós encontram forma de aproximação às classes sociais mais desfavorecidas...

estes contactos são muito importantes, mostrando em perspectiva futura que a solidariedade não vai ser descurada...

 

a prática solidária, exercida precocemente , deve ser oferecida com alegria e boa vontade, sem fanatismos nem dogmatismos exacerbados, mas mostrada de forma concludente de modo que, atinja na idade certa, postura correcta frente aos problemas sociais moldados em correctíssima ajuda...

 

na instituição que todos conhecem como de ajuda às pessoas sem abrigo desde 1996, o núcleo familiar enquanto célula vital, é também motivação acrescida,de hà uns anos a esta parte ... desde 1999, que O Coração da Cidade alargou o apoio social às familias carenciadas do Distrito do Porto...

 

não é difícil trabalhar nesta instituição,  a não ser que não tenhamos correcção interior e em vez de servirmos a instituição e as suas causas humanitárias queiramos tirar proveito das mesmas...

 

a forma alegre e despreocupada com que servimos por amor ao próximo, sem prerrogativas que nos envergonhem, são a verdade que alimenta a nossa existência...

 

a transparência com que lutamos, é de certeza a nossa mais valia...

 

a certeza com que enfrentamos as dificuldades é na realidade a nossa força...

 

conscientizamos todo o voluntariado de que o mundo precisa de nós e esta alegria de viver contagia quem de nós se aproxima...

 

o número de voluntários responsáveis cresce todos os dias e assim podemos perceber um coração mais saudável a cada dia que passa...

 

nada existe que não façamos com as nossas próprias mãos...

 

todos os dias algo se acrescenta para que O Coração da Cidade possa valorizar mais um pouco os seus serviços e daí resulte um valor real para aqueles a quem servimos...

 

O Coração da Cidade pode ser também a instituição onde você pode servir...

aqui ou aí, se está distante... sempre há forma de servir quando queremos...

 

se quiser saber como, escreva, nós respondemos...

 

o nosso endereço está no  blog...

 

venha até nós ... a vida é o motivo... o amor é o meio.

 

beijinhos...

 

lasalete

neste momento eu estou ...:
publicado por lapieta@sapo.pt às 15:21

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sexta-feira, 15 de Fevereiro de 2008

vamos falar de amor... só mais uma vez...

recebemos em formato pps , inúmeros pensamentos, simpáticos, menos simpáticos, práticos e informativos, oportunos alguns, outros menos próprios , confusos e dogmáticos... enfim há de tudo um pouco... recebemos mensagens sublimes de pensamento bastante equilibrado de ajuda profunda... de tudo isto é necessário querer e saber aproveitar...

 

mas no que respeita ao amor, são realmente inúmeras as mensagens dentro do tema...

a fome de amor, ou a necessidade urgente de nos encontrarmos dentro dele e com ele, leva a que quem tem tempo e jeito para compor de forma mais ou menos bela, nos disponha a prender uns minutos da nossa atenção e ouvir deliciosamente mensagens de amor e de auto ajuda...

 

h`dias uma dessa mensagem que sensibilizava à quebra de rotina, entre todos os conselhos incertos mostrava que tudo se podia e devia mudar, até o nosso amor...

dizia a mensagem, mude isto, isto e aquilo, mude de amor...

 

o problema de todos nós não é mudar as coisas, o que nos cerca... o grande problema é sermos nós a mudar perante o que nos rodeia... o problema somos nós...

 

e no que respeita ao amor, não precisamos de o mudar, mas precisamos de ter uma postura diferente perante o amor, ou se preferirem perante o "nosso " amor...

 

fazer acontecer coisas diferentes, não se prende com o deixar para traz as coisas mas modificar a nossa forma de ser perante elas ... vivenciando as mesmas coisas, convivendo com as mesmas pessoas, passando nos mesmos sítios, mas com outro olhar mental, com outro espírito que não seja aquele que usamos no quotidiano" que chato sempre a mesma coisa" ...

 

este tipo de observação interna leva-nos a que usemos as coisas e as pessoas de forma displicente e não olhemos a vida como ela deva ser olhada com amor...

 

e por falar de amor... não mudem de amor, mas mudem perante o amor...

 

amem mais o amor... o " vosso" amor...

 

para que mais tarde não tenha que ser o amor dos outros...

 

não tenha, muitos " amores" ... mas amem todo o mundo, toda a gente, mostrando inclusive apreço pelas coisas mais pequeninas da vida...

 

demorem-se no sorriso de quem passa, na cara triste de quem se cruza convosco...

 

mas se querem ser mesmo mais positivos, coleccionem sorrisos... saiam para a rua e façam uma proposta simpática a vocês mesmos... " EU HOJE VOU COLECCIONAR SORRISOS" ... se vocês sorrirem dificilmente o sorriso não vem de volta...

 

não mudemos as coisas, mas mudemos perante as coisas, para que essa mudança possa acontecer, porque a vida é que muda aquilo que não é alimentado por nós ... é da lei...

 

construamos diariamente um pensamento positivo, olhando os outros de forma diferente e entendendo as suas dificuldades no campo dos afectos...

 

expressemos afecto, mas não nos deixemos afectar por qualquer coisa, passando de seres simpáticos a vidrinhos de cheiro que se machucam por qualquer coisinha que o A e o B disseram e também por aquilo que ninguém disse mas que pensamos que poderiam dizer...

 

sejamos livres e libertamos ou outros da nossa má conduta...

 

livres ... livres ... sem trela de má disposição...

 

enfim perante o amor ... sejamos Primavera...

 

 

um bom dia para todos... tenho dito...

 

com carinho ... e com amor...

 

lasalete

 

neste momento eu estou ...: mudando
publicado por lapieta@sapo.pt às 08:46

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 14 de Fevereiro de 2008

que seja eterno... " poema"

 

 

Que seja eterno ...

que seja eterno... este encontro programado,

que não perdure à margem desta vida,

que seja eterno meu amor, que seja eterno,

mas que não seja eterna esta chama indefinida ...

 

que seja definida mas eterna,

a ternura que o coração quer esconder,

que seja eterna, pura e terna esta aventura,

que a felicidade ainda vai acontecer...

 

que possamos falar de chegada sem partida,

sem ausências, sem amuos, ou queixume,

que sejam rosas meu amor, que sejam rosas,

as faces quase rubras do ciúme ...

 

que sejam enamoradas nossas almas,

como se, de dois sóis viesse a nossa luz,

que sejam mais abertas as entradas,

dessa porta que só o amor traduz...

 

que me doam os ossos mais que a alma,

impenetrável labirinto do meu ser,

que gotejem meus poros, não meus olhos,

quando tua ausência tiver que acontecer...

 

mas se nesta aventura tiver que perdurar,

o meu percurso de solidão de luta e dor...

que goteje em mim este poema a relembrar,

que tudo pode ser eterno... meu amor... 

 

 

lasalete ... 14-02-2008

 

 

neste momento eu estou ...: amando
publicado por lapieta@sapo.pt às 10:05

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 21 de Janeiro de 2008

tão fragéis... meu Deus...

sem que propositem , perante as imagens, a piedade instala-se dentro de nós...

 

estes olhos, vencem o medo, mas a ternura que inspiram, abala o coração de qualquer ser humano...

 

como são frágeis , os seres desprotegidos pela vida... os que nada possuem para além do olhar mais doce que Deus lhes deu...

 

hoje fiquei parada, olhando a televisão...escutei mais que uma vez...

 

12 mil crianças institucionalizadas...

 

as minhas lembranças revoltas confundiram-se com as palavras a cores que a televisão fazia ecoar... 

voltei de repente para dentro de mim... já era assim quando ainda era criança... não era de ninguém... era do mundo...

 

que medo meu Deus... que fragilidade ...

que dor experimentei, quando aquelas portas enormes se fecharam atrás de mim e aquela figura feminina me olhava do cimo dessa montanha dura com dois olhos enormes e a voz mais autoritária que alguma vez ouvira...

 

eu só conhecia o mundo, onde não havia de comer, nem lençóis para dormir , nem brinquedos para brincar... mas tinha os olhos da minha mãe...

 

e agora... encerrada naquele convento...

Vairão ... isto para mim ficava no finalzinho do mundo... talvez do outro lado da casa da minha mãe e muito perto do inferno...

 

de repente descobri que não habitava só naquele local... outras mulheres igualmente altas e feias vieram ao meu encontro... despiram-me, deram-me banho, cortaram-me o cabelo e levaram o cheiro da minha mãe... sofri demais para me encontrar... quando me deitaram tremi toda a noite... e nas noites seguintes não consegui encontrar motivo para que a minha mãe se tivesse esquecido de mim naquele lugar...

 

e assim permaneci longos anos... até ser maior e descobrir que tinha que ser assim...

 

tanto se escreve sobre as crianças dentro das instituições e tão pouco se sabe do que efectivamente se passa lá dentro...

 

agradeço por ter sido retirada à pobreza... mas não era a mim que deviam ter castigado... eu com cinco anos nunca tinha feito mal a ninguém... eu não tinha culpa de os homens serem egoístas e fazerem dos mais pobres escravos permanentes... a minha mãe trabalhava muito e chorava demais porque não tinha dinheiro... nada tinha para nos dar...

 

hoje sempre que vejo uma mulher a pedir ajuda o faço em nome da minha mãe...

 

mas ainda me fere quando se fala das crianças armazenadas em instituições de caridade... por muito diferente que seja o mundo de hoje a dor continua igual e a pergunta permanece ... porque estou aqui?... que crime cometi ?... porque não tenho direito a um lar como as outras crianças?... um dia perguntei a Deus ... Pai do céu , porque não gostas de mim e me deixas-te abandonada aqui dentro?...

 

lembro-.me que por esta altura do ano as alunas internadas recebiam durante as visitas mensais dos seus familiares, laranjas e algumas goluseimas que comiam sofregamente ...

eu dificilmente recebia visitas... mas no dia das visitas das outras meninas, eu não recebia laranjas, então sem ninguém ver, depois de todos se retirarem juntava as cascas espalhadas pelo chão  e cheirava-as para me lembrar do cheiro do outro lado do muro... na esperança de recuperar o cheiro da minha mãe...

 

no mesmo local existia uma grande ameixoeira, cujo tronco centenário tinha moldado um grande buraco, onde me escondia a chorar com saudades da minha mãe e com medo de nunca mais sair daquele espaço...

 

é necessário entender a mente de quem está guardado nestes espaços, que por muito carinho que ofereçam, representam para quem lá reside, um misto de conforto e de angústia difícil de arrancar...

 

a fragilidade de quem nada tem, dói-me profundamente e sempre tento atenuar essa dor... mas, quando os números me trazem a enormidade do abandono, do colo que tanta falta faz... então aí... meu Deus, como dói...

 

tanta construção ao alto, tanta estrada maravilhosa, já conseguimos o espaço, tanta tecnologia de ponta que nos deixa de boca aberta e ainda não conseguimos tomar conta das nossas crianças, nem amamos os animais...

 

que mundo é este meu Deus ... tão frágeis que nós somos...

 

lasalete ...

neste momento eu estou ...: recordando
publicado por lapieta@sapo.pt às 19:25

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Sábado, 22 de Dezembro de 2007

o brilho do coração...

coracão da cidade

 

sentir o Natal, é fazer a diferença...

 

quatro dias de distribuição alimentar com ritmo e cheiro de Natal para inúmeras famílias, que não teriam consoada, se não fosse a generosidade de centenas de corações generosos que repartiram o pouco que têm de seu magros salários ...

 

interessante é sentir que neste Natal que ainda não terminou, a solidariedade esteve quase inteirinha em gente que trabalha e que talvez por isso mesmo, sabe, porque sente, o que são dificuldades...

 

do povo deste país , não seria de esperar outra coisa...

 

abençoados sejam os corações que se uniram ao nosso...

 

ainda estamos e estaremos a trabalhar... faltam atender mais de duzentas famílias e talvez durante o dia de hoje cheguem muito mais ...

 

vamos continuar neste ritmo até ao romper do dia de amanhã ...

 

para satisfazer as famílias que vêm atrasadas, já temos bacalhau de molho para que a consoada se faça sem o menor percalço ...

 

com grande satisfação nada faltará à mesa de quem veio até e nós...

25 produtos da melhor qualidade fecharam o menu de Natal que de certeza vai ser muito mais feliz...

 

amanhã será dia de distribuição de brinquedos... o Pai Natal preferiu o Domingo... e as crianças ficarão super contentes...

 

as p +rendas para quem vem consoar ao coração já estão a ser embrulhadas com votos de boas festas...

 

a sala desta festa de aniversário crístico está a ser pintada...

 

a pobreza merece e nós adoramos trabalhar em nome d'Ele ...

 

para todos um forte abraço...

 

 

lasalete

 

 

 

neste momento eu estou ...: trabalhando com amor
publicado por lapieta@sapo.pt às 14:27

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sábado, 6 de Outubro de 2007

o mundo está nas tuas mãos ... observa...

 

depois de pegares no mundo em teu olhar e tomá-lo nas mãos observando tudo e todos, tirando as tuas conclusões , inicia nova caminhada , sem que ninguém te pressione, com filosofias ou religiões...

utiliza a tua própria consciência e vê se podes interagir , com a vida que corre em teu redor...

 

amanhã , será de novo Domingo...

 prevê-se , como é habitual, que o descanso , o lazer e o prazer de algumas situações que a semana de trabalho não permite, visitem a tua vida...

 

aproveita e abre o teu coração, chama a primavera da esperança, mesmo que não seja essa a estação que estás vivendo e sopra ao ouvido da vida ... diz-lhe que a queres ajudar...

 

deixa entrar uma lufada de ar fresco para dentro de ti e deixa que a brisa da boa vontade visite o teu coração e penetre o teu espírito.,..

 

não adies por mais tempo essa promessa que já fizeste à vida...

vem... temos tanto trabalho para ti...

 

se soubesses o que foi este dia no Coração da cidade...

 

se visses as vidas que hoje conseguimos roubar à pobreza...

 

gente de todas as profissões que vieram bater à nossa porta...

 

não queriam falar, vinham apenas para almoçar, foram chamados à parte e conseguimos que se entendessem connosco depois de terem baixado o pano da vergonha...

o último daqueles a quem falamos , era desenhador de arquitectura e não tem emprego, vive numa pensão, mas não consegue adaptar-se à situação

de ter que mendigar um prato de comida...

 

propusemos que se fizesse voluntário e não andasse a pedir fosse o que fosse, enquanto procura emprego ajudava outros seres humanos que estão também eles em situação dificil...

 

ficou contente, não sabia que O Coração da Cidade

tinha esta proposta tão interessante... aderiu...

 

vem também, se souberes que alguém perto de ti está com dificuldades, indica o caminho desta instituição...

 

se não quiseres ser voluntário, encaminha para nós ajudas, que serão sempre bem vindas... móveis, alimentos, medicamentos, roupas ... enfim tudo o que entenderes...

 

se conheceres fábricas que tenham de parte restos de colecções , canaliza para nós esses produtos que nós transformamos tudo em dinheiro que nos vai permitir comprar alimentos que não nos são doados e que fazem falta no nosso mercadinho ...

 

mesmo que não queiras ser voluntário vem visitar-nos,

 eu teria imenso prazer em falar contigo...

 

estou a tratar-te por tu ?... é verdade ...

só uma pessoa muito jovem, consegue aguentar a leitura do meu bloguinho ...

 

 

uma beijoca e tudo de bom...

 

 

um excelente fim de semana ...

 

borbo036.gif

que a brisa da felicidade entre na tua vida ... lasalete

neste momento eu estou ...:
publicado por lapieta@sapo.pt às 20:30

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 28 de Setembro de 2007

Maria de Ninguém...

                                                                     MARIA DA NOITE   

 

 

vive nos sonhos de ninguém...

e é de qualquer um...

 

tomei conhecimento dela vai para 10 anos...

apenas sabia que era prostituta e que dela muitos homens fugiam...

 

tinha um corpo másculo e grande, percebia-se rapidamente que media força com qualquer um que a desafiasse , como ela costumava dizer...

 

vou chamar-lhe Maria de Ninguém... mas é de toda a gente ... é uma Maria do Porto...

 

Maria não é de trato fácil... mas gosta de abraçar e beijar todos os voluntários quando vem jantar...

 

é temida pelas mulheres da rua, que com ela disputavam os lugares do pinhal , onde o "amor" acontece entre a ramagem ...

diz ,que  raras vezes se mantem adormecida, com medo que a roubassem ou lhe fizessem mal...

 

um dia, Maria vê seu ventre avolumar-se sem perceber o motivo... a gravidez aconteceu e vai desenrolar-se entre tormentos e dor...

 

uma tarde, em que se preparava para jantar, um homem sem avisar, bateu em Maria e atingiu fortemente o seu ventre, onde ela carregava o seu tesouro...

a alegria de Maria acabou ali... a ambulância levou a Maria e as lágrimas pesavam mais que ela própria...

no hospital, alguém deixou escapar que o menino não tinha vida, faltavam apenas 2 meses para ele nascer... Maria não esperou pela confirmação e a raiva tomou conta dela... fugiu do hospital e percorreu a cidade para vingar o seu menino...

 

ao fim de três dias , tombou exausta e o seu menino foi separado dela, deixando Maria no mais completo estado de embriaguez emocional...

 

um ano depois, Maria vive de novo a alegria da maternidade...

annunciam uma menina a Maria...

tudo decorre com mais cuidado, mas Maria, tem dentro dela a morte anunciada...

está com SIDA...,

a sua menina nasce e os serviços de adopção vem buscar o seu tesouro...

relutante , entrega a menina, que também está doente ...

a bebé necessita de cuidados especiais...

Maria , depois de ter alta, aceita a situação e é visita diária da

instituição em que a sua filhinha se encontra ...

Maria não sabe cuidar de uma criança...

a vida da bebé corre perigo se ela ficar junto da mãe...

dizem-lhe que a menina foi adoptada

e Maria deixa de compareceu no pedaço de céu da sua existência...

 

todos os dias vem jantar ao Coração da Cidade e chora...

Maria chora demais e não consegue viver com a dor que a domina...

enfraquece de tal maneira que a tuberculose logo a toma para si...

 

hoje, é uma sombra da mulher corajosa que foi em tempos...

a rua que a trata por tu, certamente nem a reconhece...

 

Maria arrasta-se... parece um farrapo humano, como é comum ouvir-se dizer quando passa...

aranca lágrimas aos voluntários...

come muito devagar e tosse muito...

é internada muitas vezes e vem convalescer à rua...

 

Maria não tem repouso, quando fala, fala da sua menina

e tenta convencer-nos que está a sorrir...

Maria ri a chorar... porque começou a morrer quando lhe retiraram o seu pedacinho de céu...

 

a rua é madrasta, mas não deixa morrer os filhos da noite, onde se escondem os pecados que a negra sobrevivência elege como estátuas nuas...

 

hoje, Maria veio até nós mais uma vez ... almoçou na varanda e ficou a apreciar o jardim...

mas, os olhos de Maria pousaram no céu...

será que Maria ainda tem esperança... e fé...

ajudamo-la a descer a escada... afastou-se devagar ...

emagrecida... triste... sem perceber quem passava por ela e a olhava com tristeza...

Creio que só Deus entende o olhar de Maria...

só Ele sabe quando ela voltará a  sorrir ...

a Maria de Ninguém, sem saber, só a Ele pertence...

 

lasalete ... 

neste momento eu estou ...: serena
publicado por lapieta@sapo.pt às 18:05

link do post | comentar | favorito

CONHEÇA MELHOR



mais importante que verbalizar doutrinas é humanizar atitudes


 

e-mail gifs

coracaocidade@gmail.com


free html visitor counters
hit counter




<




body

CORAÇÃO DA CIDADE ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ MOVIMENTO ECUMÉNICO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ VOLUNTARIADO EM ACÇÃO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥


a nossa sede na Rua Antero de Quental, nº 806- Porto

desde a inauguração desta casa que os voluntários têm sido um marco de coragem e abnegação




saiba porquê.....


O Coração da Cidade é:

é um espaço de solidariedade universal

com preocupações constantes de actualização

ao serviço permanente da comunidade onde está inserido

de conforto e amparo, servido apenas por voluntariado

onde todos os serviços prestados são e serão sempre gratuitos

promotor do voluntariado e intercâmbio associativo

O Coração da Cidade,

já estendeu a sua acção

a outros espaços do distrito do Porto

criando para o efeito

uma cadeia de Lojas Sociais ,

que lhe permitam

uma maior sensibilização

para o vuntariado

e ao mesmo tempo

detectar

novos focos de pobreza

venha até ao Coração da Cidade

faça-se voluntário

e ajude a servir,

os que mais necessitam de auxílio



CADEIA SOLIDÁRIA um euro uma razão para ajudar o Coração


é o que estamos necessitando neste momento ...

O Coração da Cidade inicou um pedido de ajuda para que seja posivel ultrapassar as suas dificuldades

associe a sua vontade de ajudar á nossa causa e contribua comnosco...

seja um amigo d'O Coração da Cidade

esperamos o seu

ajude-nos a ajudar ...

apenas um euro

Millenium BCP

0033 000000 239551298 05


gifs

ainda que eu fale a linguagem dos anjos e dos santos... se não tiver caridade nada sou...

posts recentes

atenção às práticas de br...

Afinal o que é O Coração ...

vamos falar de amor... só...

que seja eterno... " poem...

tão fragéis... meu Deus.....

o brilho do coração...

o mundo está nas tuas mão...

Maria de Ninguém...

espelho meu ...poema ...

chocante...

mais comentados

arquivos

tags

portugal

vida

porto

portoblogs

eu

amor

parlamento

actualidade

pobreza

solidariedade

politica

país

política

eu pensamento poesia blogs

blogs

poesia

eu pensamento blogs vida solidão pobreza

pensamento

solidão

pensamentos

todas as tags