Terça-feira, 6 de Setembro de 2011

roube uma alma ao luar...

 

dormir ao luar... seria bom se não fosse por obrigação...

estar á noite na rua... seria bom se fosse para me divertir...

dormir no banco de jardim... seria bom se esse não fosse o meu único banco...

estar acordado toda a noite... seria bom se fosse para fazer amor, para ver televisão, se eu tivesse uma casa como os outros...

 

adopte uma pessoa sem abrigo e pague um alojamento... reuna um grupo de amigos e pague uma noite a alguém...

 

quando um dia sair á noite e passear pela cidade , ela vai estar diferente ... há alguém que está abrigado do frio e você pode ir dormir em paz...

 

fale com O Coração da Cidade...

 

 

lasalete

neste momento eu estou ...: em paz
publicado por lapieta@sapo.pt às 19:20

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 12 de Março de 2010

o Inverno da vida ...

 

 
os olhos dos velhos em luto permanente...
avultados de dívidas á vida que mal aproveitaram...
estão sugados pelo tempo, que sem tempo os empurrou de forma labiríntica e os calca ... e os esquece... e já nem para eles olha como em outros tempos...
 
o Inverno da vida é severo, rigoroso e implacável...
 
ontem o meu Tel. tocou...
uma voz choroso, com muita idade chorava aflita, com frases decoradas por tanta insistência em serem repetidas e a voz que chorava sabia a coração dorido de tanto desgosto...
 
o filho já com idade respeitável, transformara-se no seu carrasco...
os gritos e as agressões constantes, são o pão nosso de cada dia...
mas, não se pode queixar, não pode dizer que a agressão física acontece e sabe de antemão que se o filho souber que se queixa, as agressões serão maiores...
 
esteve internada para uma operação melindrosa e não deixou o cartão de crédito na mão do filho, já que de vezes anteriores ele simplesmente gastou todas as suas economias...
 
viver em conjunto com ele, para ela, é um suplico enorme, mas ninguém a pode ajudar...
 
ela apenas se quer lamentar e fê-lo durante uma hora...
 
depois se despediu duvidando da existência de Deus, e angustiada, pedia que o filho partisse rapidamente deste mundo, para ela ter sossego...
arrepende-se de escolher a companhia do filho , mas tem que viver com ele...
o álcool a que o filho se entrega diariamente, agrava a sua má disposição para com aquela, ela que lhe deu a vida...
 
já muito de noite, lá consegui que fosse dormir, e no meio de muita desculpa, desligou para ver se descansava...
 
quando a vemos a passar percebe-se que carrega uma dolorosa cruz...
cambaleia e chora mal encontra os nossos olhos...
pergunta sempre que mal fez a Deus para ter uma velhice tão difícil...
 
aconselhei o apoio á vitima, mas ela tem medo...
 
assim caminham muitos idosos neste mundo, sovados pelos menos velhos e por alguns bem mais novos...
 
as lágrimas confundem-se com as rugas e sempre que choram pensamos que são as dores próprias dum corpo cansado... mas não... são as dores da alma, bem fortes quando são provocadas por filhos sem coração...
 
o Inverno da vida... quem lhe chamaria assim...
 
que bom seria que com a experiência acumulada pudéssemos na idade mais avançada, voltar a ser Primavera ou Verão... como o mundo seria diferente...
 
o Inverno da vida, gelado de amor e quente de preocupação e desgostos, ainda é o que espera a maioria dos mais velhos neste mundo...
 
por isso eu sempre recomendo, que se esforcem por se manterem activos, física e mentalmente, e parem apenas quando a vida de forma declarada e concreta assim o exigir...
 
até lá, mantenham a força viva que os trouxe até aqui e vivam, vivam todas as loucuras, todos os amores, sem vergonha e com mais energia...
 
nós, os que ainda não estamos velhos, semeemos a Paz e não permitamos que ninguém, nem mesmo um filho nos retire essa paz...
 
um abraço do tamanho do mundo ...
e se você que está a ler esta página tem junto de si alguém mais velho, que simplesmente ignora, corra para ele, abrace-o e fique a contemplar de mente limpa, o Inverno da vida, porque há rosas que ainda florescem no Inverno, mantendo o seu perfume inigualável...
 
 
lasalete
 
neste momento eu estou ...: bem
publicado por lapieta@sapo.pt às 19:17

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 30 de Maio de 2008

quando a solidão chora... de fome e de dor ...

 

12,30 horas...

30 de Maio de 2008

toca o telefone ... mais uma das dezenas de chamadas ao longo da manhã...

 

enganei-me... do outro lado da linha um voz convulsa, pedia auxílio da forma mais dolorosa que últimamente ouvi pedir...

 

pedi-lhe que não chorasse e com calma se fizesse entender...

 

mas o choro continuava e gritava que tinha muita fome...

 

perguntei-lhe o nome e onde morava que de imediato a íamos ajudar...

 

fiquei a saber que teria estado de urgência no Hospital de Santo António e que deitava muito sangue pela boca...

diagnosticaram tuberculose e mandaram-na para casa para que fosse ao centro de saúde...

 

esteve algumas horas na urgência e como o sangue não parava pediu que a deixassem ficar mais um pouco... tinha 67 anos e não tinha ninguém em casa e precisava de ser ajudada...

o médico disse que não porque necessitavam das camas...

 

colocaram a senhora em casa e como nada tinha para comer assim ficou...

falou para a assistente social e para a junta de freguesia e nada...

telefonou para a Cruz Vermelha e disseram que não podiam ajudar... bateu a outras portas e nada...

finalmente ao telefone disseram que ligasse para o Coração da Cidade...

 

perguntei se ela comeria um caldinho de nabiças que tínhamos feito muito fresquinho...

 

- minha senhora eu como qualquer coisa... disse a idosa sempre a chorar...

 

perguntei como se alimentava... e ela disse que quando tinha recursos comia normalmente, mas agora que só se alimentava de bolachas, por isso é que devia ter alguma coisa de mal nos pulmões...

 

em menos de uma hora já estávamos a entregar o que a idosa necessitava para ser auxiliada condignamente.

 

pousei o telefone e não consegui conter as lágrimas... lembrei-me das confusões políticas e temi pelo país onde estamos...

 

não sei se chorei por ela, se por mim, se por todos nós... mas chorei...

 

e eu que pensava que já não conseguia chorar diante de úm problema , mas que esconderia as lágrimas para ser mais forte... não consegui... for mais forte que eu...

 

que dor meu Deus... suportarão tantos seres humanos nesta vida de miséria, sem nada para comer, doentes e sós...

 

que país este meu Deus... que não sabe tratar estes seres e que os deixa à mingua...

 

um hospital que não trata convenientemente uma idosa e a manda embora porque as camas não se podem ocupar... e tudo porque os administradores dos hospitais estão a fazer uma clínica de economia e não de saúde...

 

o holocausto vivo a que assistimos é de arrepiar, porque todos assistimos a tudo isto e nada queremos fazer...

 

só Deus mesmo para ensinar e da forma mais dolorosa o mundo em que vivemos, enfermo de egoísmo e infecto de uma maldade sem precedentes, porque agora já não somos gente da idade média , nem estamos a viver numa época de barbárie...

 

então porque nos comportamos como bárbaros? ...

 

lasalete

neste momento eu estou ...: incrédula
publicado por lapieta@sapo.pt às 15:58

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

CORAÇÃO DA CIDADE ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ MOVIMENTO ECUMÉNICO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ VOLUNTARIADO EM ACÇÃO ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥


a nossa sede na Rua Antero de Quental, nº 806- Porto

desde a inauguração desta casa que os voluntários têm sido um marco de coragem e abnegação




saiba porquê.....


O Coração da Cidade é:

é um espaço de solidariedade universal

com preocupações constantes de actualização

ao serviço permanente da comunidade onde está inserido

de conforto e amparo, servido apenas por voluntariado

onde todos os serviços prestados são e serão sempre gratuitos

promotor do voluntariado e intercâmbio associativo

O Coração da Cidade,

já estendeu a sua acção

a outros espaços do distrito do Porto

criando para o efeito

uma cadeia de Lojas Sociais ,

que lhe permitam

uma maior sensibilização

para o vuntariado

e ao mesmo tempo

detectar

novos focos de pobreza

venha até ao Coração da Cidade

faça-se voluntário

e ajude a servir,

os que mais necessitam de auxílio



CADEIA SOLIDÁRIA um euro uma razão para ajudar o Coração


é o que estamos necessitando neste momento ...

O Coração da Cidade inicou um pedido de ajuda para que seja posivel ultrapassar as suas dificuldades

associe a sua vontade de ajudar á nossa causa e contribua comnosco...

seja um amigo d'O Coração da Cidade

esperamos o seu

ajude-nos a ajudar ...

apenas um euro

Millenium BCP

0033 000000 239551298 05


gifs

ainda que eu fale a linguagem dos anjos e dos santos... se não tiver caridade nada sou...

posts recentes

roube uma alma ao luar...

o Inverno da vida ...

quando a solidão chora......

mais comentados

arquivos

tags

portugal

vida

porto

portoblogs

eu

amor

parlamento

actualidade

pobreza

solidariedade

politica

país

política

eu pensamento poesia blogs

blogs

poesia

eu pensamento blogs vida solidão pobreza

pensamento

solidão

pensamentos

todas as tags